Questões Contemporâneas - questão 02: liberação da maconha

A série Questões Contemporâneas é composto por uma série de ensaios fotográficos. Cada um envolvendo uma questão social contemporânea fotografada sob a ótica do pós-pornô. Este se estabelece sobre o tripé arte, política e sexo. Neste intuito, este projeto quer ir além de fotografar uma questão contemporânea, mas colocá-la sob um ângulo mais ousado.

O primeiro ensaio da série foi sobreo massacre dos povos indígenas (Veja Aqui).

A segunda questão, ensaio que envio em anexo, traz a questão da legalização da maconha no Brasil. Tráfico de drogas, incluindo a maconha, é, mundialmente, um problema público e deve ser tratado como assunto de saúde pública pelos governos federais. Não legalizar a maconha contribui para o aumento do tráfico, da desigualdade social, da superlotação nos presídios e para o aumento desproporcional do vício.

De acordo com Juan Carlos Hidalgo, analista político para a América Latina do Center for Global Liberty and Prosperity, legalizar a maconha só traria benefícios para a Nação como um todo: como o fim da indústria do narcotráfico; redução do preço das drogas; regulação da fabricação; fim da aliança do narcotráfico com o poder político; redução da corrupção em vários aspectos; diminuiria o desperdício de dinheiro público no combate às drogas; fim da violação dos direitos civis pelo Estado; reduzir a tensão existentes nos países da América Latina controlados pelo tráfico de drogas; redução de mortes de pessoas inocentes, que não estão diretamente relacionadas ao tráfico ou consumo de drogas, mas encontram-se no fogo cruzado. Por fim, "A legalização conduzirá a sociedade a aprender a conviver com as drogas, tal e como tem feito com outras substâncias como o álcool e o cigarro. O processo de aprendizagem social é extremamente valioso para poder diminuir e internalizar os efeitos negativos que derivam do consumo e abuso de certas substâncias.

Vários países tem alterado suas legislações no caminho da legalização da maconha, como Canadá, Uruguay e nos EUA, onde "o Colorado resolveu reconhecer esse mercado e regulamenta-lo tanto para uso medicinal como recreativo. Resultado em 2014: 700 milhões de dólares em vendas de maconha e derivados, arrecadação de 76 milhões de dólares em impostos (que a maioria é destinada a construção de novas escolas e aprimoramento do ensino público do estado) e a criação de 10 mil novas vagas de emprego.

A legalização da maconha é um importante passo para a extinção do tráfico de drogas e todos os problemas sociais dele gerado. Precisa ser conversado e debatido para que a população entenda e os mitos acerca deste tema sejam derrubados. 

Agradecimentos:
D & F

Exposição

Este trabalho fez parte da exposição Performance em Transe, no Atelier Transe, em São Paulo, 2019.

 

Referenciais

Liberação da Maconha

Sobre Pós-Pornografia

 

Tags: Exposição, Fotografia, Photography, Ensaio Fotográfico, Nude Art, Ano: 2019, Pós-Pornô, Pós-Pornografia, Corpo, Nus

Facebook
Instagram
YouTube
Behance
Google+
Twitter
Linkedin
500px
Google Fotos
Pinterest
Flirck
Tumbler
Entre em Contato