Trios

Camufla

"A poesia nunca é plena,
se no meio dela
camufladamente
não esteja um
FODA-SE
bem lindo
em uma licença poética destinada
'a quem interessar possa'!"

Poesia Camuflada, Donilton Silva

Modelo: Dio Coutt
Local: Parque da Solidariedade, Alvorada - RS

 

Deitado em Berço Esplêndido

"Uma ideia torna-se uma força material quando ganha as massas organizadas."

Karl Marx

"Quanto menos comes, bebes, compras livros e vais ao teatro, pensas, amas, teorizas, cantas, sofres, praticas esporte, etc., mais economizas e mais cresce o teu capital. És menos, mas tens mais. Assim todas as paixões e atividades são tragadas pela cobiça."

Karl Marx

Modelos: Bruno Novadvorski & Dio Coutt
Local: Parque da Solidariedade, Alvorada - RS

 

iMurados

"A ditadura perfeita terá a aparência da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão.” (texto encontrado na internet, autor desconhecido)

A ditadura perfeita te faz não perceber o que existe ao redor. Os grilhões tornaram-se nano chip de nós mesmos. Pensamos ter liberdade quando nos curvamos a pequenos mundos solitários e pequenos prazeres que nos desconectam do íntimo. De estar atento a oportunidade de ser por outra pessoa não-online. Despistamos o olhar daquele breve momento do outro que nos olha aflito pedindo atenção. Por estarmos muito "iMurados", desconectamo-nos do essencial: estar presente. Do prazer da pele que se toca, se roça, causa choque. Do gozar das energias dos corpos que se deliciam vagarosamente, sem pressa, sem jogos, sem mensagens para responder. Leve. Em paz. Livres.

 

Futuro

Nosso passado, presente e futuro é um conjunto das nossas transições diárias, das escolhas feitas. Somos seres transitórios. Ao acordar, transitamos entre estágios, do sonolento ao desperto. Ao passar do dia, transitamos da luz do sol ao da lua. Pela cidade. De casa para o trabalho, do minuto que passa e adiciona mais um tempo em nossas vidas. Entre os sentimentos, perda, dor, negação, raiva, ira, aceitação, passagem. E assim, o caminho vai se construindo, das transições. Nosso planeta é transitório. E seu futuro, incerto. Estamos caminhando a passos largos rumo a destruição da Terra. O gelo transita em água. A natureza, em devastação. O infinito, em finito. Estamos transitando para um futuro devastado pela ignorância, pela burrice, pela estupidez. Transitando para o mundo repleto da falta.

 

 

Sufocaram Nossos Sonhos

 

Modelo: artista Regis Ribeiro
Escultura: 300 gramas (Regis Ribeiro) 

Tags: Fotografia, Photography, Ensaio Fotográfico, Nu masculino, Ano: 2019, Corpo, Nus

Facebook
Instagram
YouTube
Behance
Google+
Twitter
Linkedin
500px
Google Fotos
Pinterest
Flirck
Tumbler
Entre em Contato