Homens da Real

Homens da Real. Somos diversos. Nossos corpos, nossas mentes. Somos homens da real. 

Homens da Real é um projeto fotográfico criado para retratar a beleza do corpo masculino em todas as suas formas. Não somos um único padrão estético, o padrão que revistas e indústrias tentam colocar como o ideal. Nossa beleza vai mais além. O homem da real é baixo, alto, magro, gordo, liso, peludo, cis, trans, gay, hétero, negro, branco etc. Mas não apenas isto. O homem da real não é o retrato de uma imagem masculina e masculinizada.

Este projeto visa quebrar com os padrões estéticos e culturais, quebrar a cultura machista que assola nossa sociedade aumentando a violência contra mulheres, negros, homossexuais e várias outras pessoas que sofrem o resultado da forma como homens são criados, por meio de uma educação machista e patriarcal, que ensina que homem pode tudo. Homens da Real quer retratar a diversidade dos nossos corpos, mas também quer contribuir para o fim desta cultura machista.

Assim, os homens retratados neste projeto não são apenas diversos em seus corpos, mas homem de verdade não é definido pelo o que tem entre as pernas, mas pelo seu caráter. Em tempos em que os estudos estatísticos e relatórios feitos por instituições como ONU, OPAS, OMS, entre outros, comprovam que há um aumento vergonhoso nos casos de violência gerados pela nossa sociedade, muitos nascidos da nossa cultura machista e patriarcal contra negros, mulheres, comunidade lgbt, se faz pertinente questionar a forma como nós - homens - somos educados. Uma educação que diz que a nós, tudo é permitido. Não me refiro a educação que recebemos nas escolas, mas a social, feita por meio de nossas famílias, amigos, trabalho, colegas, imprensa e outros meios de comunicação e interação com os quais convivemos no dia-a-dia.

Fotografar estes homens nus e colocá-los em situações do dia-a-dia - seja lavando uma louça, limpando a casa, trabalhando ou alguma outra atividade - não é apenas tirar as roupas que os cobrem, mas desnudá-los dos próprios conceitos e preconceitos que os cercam e os guiam. É desmasculinizá-los na busca por humanizá-los. É ressignificar o que é ser homem e como prepará-los para a próxima geração e os desafios que se apresentam nos dias atuais. Buscar esta transformação é vital para a forma como lidaremos com a violência e os rumos que tomaremos na construção de uma sociedade menos violenta, mais harmônica e integrada.

O projeto teve início em 2016 de um incômodo meu em relação a como os corpos masculinos são retratados na maior parte dos ensaios de nu masculino, com foco em um único biotipo, geralmente, homem branco, liso, magro, malhado, alto. Diante disso, surgiu a ideia de fotografar a verdadeira beleza masculina que não está na característica física, mas na diversidade que existe entre estes corpos, sejam eles como for. Ao fotografá-los, busca-se fugir da narrativa macho-alfa-dominador-erotizado-sexualizado.

Nas imagens realizadas, estes homens estão anônimos. Eles podem ser qualquer um: você, namorado, marido, pai, irmão, familiar, amigo, vizinho, colega de trabalho, qualquer um. Não apenas o homem da capa de revista de fitness.

No momento, o projeto encontra-se na etapa de realização dos ensaios fotográficos. Tendo já passado por cidades como Teresina (PI), Brasília (DF), São Paulo (SP), Santos (SP), Bragança Paulista (SP) e Rio de Janeiro (RJ). Ao todo, 74 homens foram fotografados e durante o ano de 2018, outros ensaios serão realizados, no máximo de cidades brasileiras que eu puder alcançar, no intuito de buscar uma maior diversidade dos homens brasileiros.

Após a conclusão dos ensaios, o objetivo final é a realização de uma exposição e o lançamento de um livro em 2019. Este não seria apenas um livro com as imagens registradas. Junto a estas, convidar um especialista no assunto de como estes padrões estéticos focados em um único padrão e a cultura machista contribui para os casos de violência e discriminação contra mulheres, negros, lgbts, povos indígenas e outros e assim, escrever um texto que acompanharia as fotos.

Para o primeiro semestre de 2019, desejo realizar a exposição Homens da Real e você, pode ajudar a tornar real. Acesse aqui e colabore com a minha vakinha.

 

Tags: Exposição, Fotografia, Photography, Ensaio Fotográfico, Homens da Real, Nu masculino, Diversidade

Facebook
Instagram
YouTube
Behance
Google+
Twitter
Linkedin
500px
Google Fotos
Pinterest
Flirck
Tumbler
  • TheredIconesbarra01
  • TheredIconesbarra02
  • TheredIconesbarra03
  • TheredIconesbarra04